quinta-feira, 27 de abril de 2017

Anfear: conheça o conceito folclórico brasileiro criado para EP “Plays of Destiny”


Oficialmente na ativa desde 2015, a banda Anfear, vem se preparando para alçar voos mais altos em sua curta carreira, após lançar o EP “Plays of Destiny” no início de 2017, o álbum, distribuído apenas virtualmente, possui três faixas que mesclam metal melódico com symphonic metal.

A banda tem como característica, explorar em suas letras temas envolvendo a cultura brasileira, envolvendo a história e o folclore nacional, com letras em inglês com o intuito de propagar através da música as origens e raízes da banda.

Uma importante ressalva na musicalidade do grupo, é a doçura e leveza nos vocais limpos e suaves de Andressa Lé, conjunto harmônico muito bem encaixado pelos instrumentistas, transformando toda a obra em uma bela e empolgante viagem na historia do Brasil.

O EP “Plays of Destiny” abre com a canção que leva o nome do mesmo, “Plays of Destiny” retrata uma ficção romântica ambientada na Guerra dos Farrapos, o grupo tratou de retratar a história de um casal separado pela guerra, utilizando de muitas nuances entre narrativas e o “eu lírico”, a obra leva ate o público uma perspectiva de perca da juventude, após tantas barbáries cometidas em guerra, a música foi a primeira a ser liberada e atualmente possui um clipe oficial de altíssimo nível.

https://www.youtube.com/watch?v=P-K10IlcgF0

Ainda tratando do assunto Guerra, a faixa que da sequencia ao EP “Plays Of Destiny” é “View of Truth”, a música questiona a necessidade de se buscar a paz com derramamento de sangue de inocentes, sendo o único interesse a conquista dos governantes que estão a frente das Guerras, mas não nos campos de batalhas. A música também foi trabalhada visualmente para o público e possui um lyric-vídeo, disponibilizado em 2017.

https://www.youtube.com/watch?v=-mwZbk6AYgY

“Lady of the Rivers” fecha o EP com uma história muito conhecida pela sua importância há cultura brasileira, a banda retrata em música a história sobre a Mãe D’Agua, ou seja, a senhora dos rios Iara, que seduz um pescador e o leva ate o fundo do rio, que dentro de sua loucura, se vê em conflito com espíritos da terra que lutam para que ele resista aos encantos de Iara, um detalhe importante é que nessa faixa a banda não define o fim do pescador, deixando para que o público escolha qual seria o melhor para ele.

https://www.youtube.com/watch?v=MTkGBdbPlKI

A banda “Anfear” é atualmente uma das principais novidades do cenário nacional, sendo requisitada em vários eventos e chegando a reta final de enquetes que promovem as bandas para se apresentar ao lado de grandes nomes do cenário mundial, vide o exemplo do festival Lollapalooza, no qual a banda ficou entre as 50 finalistas, ou, entre as 20 finalistas para abrir os shows da banda Evanescence no país, isso define que a banda terá uma carreira de sucesso e que irá ecoar por muitos cantos do mundo.

Formação:

Andressa Lé – Vocal

Nan Marconato – Guitarra

Caio Balestra – Guitarra

Geovani Rodrigues – Bateria

Eden Vassoler – Teclado

Junior S. – Teclado

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/bandaanfear

YouTube: https://www.youtube.com/c/anfearbanda

Soundcloud: https://soundcloud.com/anfearbanda

Twitter: https://twitter.com/@Anfear_banda

Instagram: https://www.instagram.com/anfear.banda/