segunda-feira, 17 de julho de 2017

Entrevista: Warfield Death - Death Metal (Aracaju/SE)


Está cada dia mais difícil encontrar bandas que buscam fazer Metal Extremo cantado em português, não para o WARFIELD DEATH! Banda de Aracaju/SE que está ganhando grande notoriedade após o lançamento de seu debut álbum intitulado “Sucumbindo ao Medo”. Hoje conversamos um pouco com o grupo, para saber mais acerca do mesmo, e ficar por dentro dos seus atuais e futuros projetos, além de conhecer algumas de suas curiosidades. Confira:

Conte um pouco da história da banda. De onde surgiu o nome Warfield Death?

Warfield Death – O Warfield Death foi formado em 2009, com o intuito de executar um Death Metal influenciado pelas bandas dos anos 80. No mesmo ano lançou a demo "Death" e depois de oito anos de seu início, finalmente lançou "Sucumbindo ao Medo" neste ano de 2017, produzido pelos próprios integrantes. 
O nome da banda, que a princípio se chamava apenas Warfield foi uma sugestão de Marcos, em 2017 surge o nome Warfield Death, pois já existiam outras bandas com o nome anterior.

Qual é a atual formação da banda?
Warfield Death - Carlos Death (bateria), Thiago Madness (Guitarra e back vocal), Eduardo Vysceral (Baixo), Marcos Paulo Viking (Vocais).

Conte-nos um pouco sobre o álbum “Sucumbindo ao Medo”?

Warfield Death - É um álbum muito complexo do ponto de vista conceitual, pois foi sendo construído ao longo de 9 anos e isso provoca principalmente uma fragmentação nesses conceitos, criamos algo muito abrangente em temas, discussões e ideias, todavia, buscamos uma uniformidade maior na estruturação dessas ideias. Mas em se tratando da parte instrumental mantivemos a essência durante todo o período, com complexos e trabalhados arranjos em nossas canções.




Ouça nas principais plataformas digitais, acesse: http://www.sanguefrioproducoes.com/n/919 

A sonoridade de vocês, assim apresenta um gênero Death Metal mais técnico, com riffs velozes e bem trabalhados. Concordam com isso? Quais as influências da Warfield Death?
Warfield Death - Sim. A banda apresenta influências que vão do Heavy Metal, passando por diversos outros como o Death Metal tradicional e o que alguns intitulam como "Technical Death Metal".

Na opinião de vocês. Quais são os pontos que uma banda deve olhar quando pretende investir em mídia?
Warfield Death - Majoritariamente em divulgação de materiais, assessoria musical e em formação de contatos profissionais, essas são as bases principais para se começar a investir neste estilo de trabalho.

Vimos que cantam em português. Quais são os principais temas abordados pela banda em suas letras? Quem trabalha nas composições líricas?

Warfield Death - "Política, conflitos, guerras, massacres, religiões, sentimentos obscuros, realidades culturais e infames... descrevendo com precisão e declarando uma visão crítica e verídica sobre inúmeras mazelas incrustadas em nosso enredo civilizacional". Atualmente Thiago e Marcos são os principais compositores.

Quais as maiores dificuldades em levar adiante uma banda extrema no Brasil? Aliás, como é a cena underground aí em Aracaju? Existem outras boas bandas por esses lados?

Warfield Death - É muitíssimo complicado principalmente no aspecto financeiro, todavia creio que sejamos (brasileiros) verdadeiramente amantes do estilo, pois continuamos a fazê-lo mesmo sem quase nenhum apoio (risos). Em Sergipe não é muito diferente do restante do país, os problemas que permeiam todo o território não é novidade e talvez sejam os mesmo do nosso estado. Existem sim boas bandas em vários segmentos do Heavy Metal, mas no nosso subgênero enfatizamos a “Sign of Hate”, uma das bandas mais antigas e na ativa do Death Metal sergipano.

Fale um pouco sobre o videoclipe da música “Brutal”. Como foi gravá-lo? Obteve o alcance esperado?
Warfield Death - Foi bem cansativo, mas tivemos um alcance muito maior do que achamos que teríamos, portanto foi um trabalho que teve um reconhecimento muito grande, e agradecemos e muito todos que nos parabenizaram por ele.

Agora, além da divulgação de “Sucumbindo ao Medo”, já existem outros planos futuros para a banda?
Warfield Death - Sim, estamos tentando divulgar o nosso trabalho, e possivelmente tentar uma turnê por alguma região do país, além de termos iniciado o processo de composição para o próximo álbum.

Agradecemos demais pela entrevista, e o espaço é de vocês para sua mensagem aos nossos leitores.

Warfield Death - Gostaríamos muito de retribuir todo esse apoio e dizer que esperamos alcançar cada ouvido e mente que pudermos, transpondo todas as barreiras que surgirem para transmitirmos nossa mensagem.



Contato para shows e assessoria: http://www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados: