segunda-feira, 23 de maio de 2016

Resenha: evento Thrash Attack ABC realizado no 74 club



Fotos & Texto: André Santos
Filmagem: Maria Correia
Organização, evento e espaço: Luciano Piagentini & 74 Club/Sto.André

Neste último fim de semana que passou, mesmo com chuva e um frio extremo o “Chama do Metal” esteve presente no evento Thrash Attack ABC realizado e organizado por Luciano Piagentini. Em um espaço extremamente retrô/ Underground e acolhedor da cena. As bandas de Thrash Metal, Falange e Warsickness  estavam presentes e apresentaram seu repertório na casa 74 Club Localizada em Santo André região do grande ABC. Essa mesma localidade abrange uma grande parcela da cena Underground, com alguns “Pubs” bem conhecidos e muito falados como esse que acolheu o evento, dando o espaço para bandas divulgarem seu trabalho.


Mas, vamos ao registros desse evento! Por voltas das 21h30min, os integrantes da formação atual do Falange, Caio Imperato (Bateria), Marcelo Coletti (Baixo), Ivan Miotto (Guitarra) e Luciano Piagentini (Vocal), iniciaram sua prestação no espaço 74 Club com a música “Silence Doesnt High the Blame” demonstrando muito gás para uma pequena galera presente que esteva ali apoiando a cena Underground. Logo em seguida foi realizada uma pequena “Intro”, que na sequência já veio emendada da canção “ Destruction of Sky”, com riffs extremamente potentes de ‘Ivan Miotto’. Depois da trinca executada, o ‘Luciano’ frontman da banda, agradece os amigos presentes e diz: “Vamos falar menos e tocar mais” e anunciou mais uma faixa composta em inglês da música “Fight” despejando muito peso em nossos ouvidos.


Depois de algumas músicas executadas e compostas em Inglês, chega o momento das canções compostas em nossa língua pátria e o frontman da banda anuncia a próxima música do EP que se encontra em processo de trabalho, fazendo um trocadilho (vamos tocar uma música para esquentar). Foi no momento que os acordes se iniciaram dando vida a canção “Fogueira”. Em seguida veio a próxima música, que retrata o comportamento humano e a sociedade “Humanodebimental”. Mas, infelizmente vamos caminhando para o final da apresentação do Falange, ‘Luciano Piagentini’ agradece a galera presente e a anuncia a música “Fuck your Play” fechando o seu bloco da noite. 


Com o término da apresentação do Falange no espaço 74 Club é dado um tempo para a organização do local e dos equipamentos para a próxima atração da noite. Já com tudo organizado, chega o momento da banda Warsickness se apresentarem. Com seus integrantes: Guilherme (Bateria), Alan Magno (Baixo), Carlos Deloss (Guitarra), Carlos Ferreira (Guitarra) e Diego Moreschi (Vocal), já posicionados no espaço do 74 Club, iniciam sua noite com a primeira execução da música “Underset” , que veio seguida da thraseira “Do you Remember you Death” com seus refrões marcantes e pegajosos. E sem perder muito tempo a banda emenda a canção “Warsickness” fechando essa trinca matadora.
Com o fechamento dessa trinca, o frontman da banda aproveitando a pausa faz alguns agradecimentos e diz: “Tentamos tocar aqui no espaço 74 Club por diversas vezes, mas por alguns problemas que surgem na cena Underground não rolou. Mas hoje estamos aqui. E agradeço o Luciano Piagentini, a banda Falange, a toda galera de Santo André e às pessoas que vieram de outros lugares”. ‘Diogo’ aproveita para anunciar a próxima música “Black Army” do álbum (Stay Drunk in Hell – 2015),onde os acordes iniciais vieram através das mãos de ‘Carlos Ferreira’,que foi ganhando muito peso e agilidade. Os músicos uniam suas agilidades musicais dando um gás enorme para a canção.
Depois de algumas menções que ‘Diogo’ veio a fazer a galera presente, ele anuncia a próxima música “Warthrash”, que dessa vez os acordes e riffs se iniciaram pelas mãos de ‘Carlos Deloss’, onde o peso se destacava em todo o espaço da casa. Logo na sequência, a banda inicia os primeiros acordes da canção “Evil Christ”, que Diogo frontman se encarregava de dar vida a música através de sua voz. 


Depois dessas execuções a banda encontra um momento para uma pausa e Diogo aproveita para anunciar a trinca musical que fechará a sua prestação dizendo: “Que estas três músicas é para quem gosta de encher a cara. Onde esse nome leva em seus shows (Alcool para todo mundo e ataque de Thrash). Esse som fala principalmente de hipocrisia de todo mundo que enche a cara, que usa droga e no dia seguinte diz amém irmão”. E na sequência a canção “In Beer weTrust” é anunciada e, depois da execução dessa Tharseira, vem em seguida as músicas “Stay Drunk in Hell” e a “Alcoholic Brain” ambas do álbum intitulado (Stay Drunk in Hell – 2015), fechando assim a prestação empolgadíssima da banda Warsickness no espaço 74 Club localizado em Santo André.


Só tenho uma ressalva a fazer: Cadê o ‘Boquinha’, que o tempo todo esteve presente na prestação da banda Falange agitando muito, e na apresentação do Warsickness, o mesmo sumiu,(rsrs), mas brincadeira a parte gostaria de deixar os meus parabéns a organização de Luciano Piagentini, e as bandas envolvidas como Falange e Warsickness e ao espaço 74 Club por abrir a suas portas a cena Underground.


Links relacionados ao evento:

Link do Pub: