quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Resenha: "Before the Battle"(2016) - Dark Inquisition


Nacional
Nota: 9,0

Ritmos de música medieval combinados a gêneros do Metal extremo moldam a impactante sonoridade da Dark Inquisition. Depois de longo dez anos de hiato, o quinteto une agressividade, peso, passagens acústicas e ambientações com elementos da música Folk utilizados e encaixados em cada música com minúcia e é uma constante na atual proposta da banda, que tem como referência o trabalho de ícones do gênero, como (Amon Amarth e Finntroll). O que pode ser conferido no recém-lançado Single “Before the Battle (2016).

Os paulistas do Dark Inquisition têm um pouco mais de quinze anos de estrada e seus músicos são Daniel Malkafly (Vocal), Rafael Terueu (Guitarra), Eduardo Figueiró (Guitarra), Michel Crisaor (Baixo) e o Rafael Brittus (Bateria). Ao longo desse tempo foram ajustando suas influências na sonoridade presentes no gênero Black/ Death / Heavy Metal. Durante este trajeto feito pela banda, os mesmos trazem em suas composições elementos do “Folk Metal”, criando uma fusão entre a música extrema e levadas da música medieval. Tornando o ambiente musical da banda bem interessante e marcante.

Com essa fusão criada no Single intitulado “Before the Battle” é perceptível essas influências mencionadas acima no texto, nas três composições presentes no seu recente trabalho. Pois este plano vêm recheado de riffs pesados e cadênciados, além dos vocais criarem nuances entre o Black e Death Metal, chamando muito atenção nas audições.
Mas cuidado com suas concepções, que mesmo tão azedo e agressivo, as melodias do grupo foram evidenciadas, para que a atmosfera pagã fosse perceptível.


A primeira faixa deste “Petardo” é “Glorification of Evil”, iniciada pelo baixo dando um clima bem pesado a composição que logo vem acompanhada pelo toque da flauta dando aquele ajuste ‘Folk’. Mas aqui estão presentes os riffs azedos e refrões explosivos que dão a sensação de estarmos em uma guerra medieval impulsionado pelo vocal brutal de seu frontman.

“Exilium”, é a segunda faixa do trabalho que abre com riffs cerrados e cortantes com leves pitadas do gênero ‘Folk’ aqui já podemos sentir as influências do Black Metal no vocal de ‘Malkafly’.

E para fechar o projeto do Single, a terceira faixa fica a cargo de “Spiritifolk” iniciada com o violão apresentando uma ótima melodia que logo ganha uma acidez por seus riffs cadenciados e refrões marcantes juntamente representadas pelas melodias do ‘Folk’ e mais uma vez a voz de ‘Malkafly’ se destaca na canção dando um clima muito fantástico na composição.


Então “Metalbangers”, preparem-se para nova batalha de três hinos do Metal Nacional, onde mesclam os gêneros do Black e do Folk Metal. Recheados de muito peso empolgante, um belo convite aos amantes do Metal extremo a conhecer o Single (2016) da banda Dark Inquisition.

Tracklist:

1. Glorification of Evil
2. Exilium
3. Spiritifolk

Links oficiais: