terça-feira, 4 de outubro de 2016

Resenha – EP Enlighten (2016), banda As Dramatic Homage


Nota: 9,0

Nosso país vem cada vez se demonstrando mais rico em diversidades musicais e, com isso o Rock’n Roll e as vertente do Metal pesado nacional não está de fora. E muito de seus gêneros, que admiramos dentro desse mundo vem contribuindo bastante a essa cena Metal , que está se destacando a cada registro lançado no mercado da música pesada.

Com seus dezessete anos de trajetória e dentro desse percurso os cariocas da banda As Dramatic Homage passou por um período de quatros anos de hiato, onde sofreu algumas mudanças na sua formação. Mas ainda se referindo a sua projeção no mercado, a banda conta com duas Demos intituladas como: “A Deep Inner Recital” (2001) e “Atmosphere of Pain/Anthems of Hate” (2005). E mais um Single chamado de “Ominous Force for Ascension” (2010), e seu primeiro registro em full – lenght intitulado de “Crown” (2012).

Alexandre Pontes (Vocal/ Guitarra), em meio a tantas dificuldades se manteve forte em seu sonho mantendo o nome da banda ativo, e agora nesse ano presente a banda As Dramatic Homage presenteia seus fãs com um novo EP, demonstrando toda sua sonoridade recheada de muita intensidade musical que vão de nuances como: Black/Doom Metal/ Progressivo ao extremo da vertente da música pesada. Propondo a liberdade, a versatilidade, dinâmica e atmosfera em suas composições, tendo sempre em busca da essência da arte contemporânea.
Pós quatro anos de seu primeiro registro em full – lenght,a banda As Dramatic Homage chega ao mercado fonográfico com um material inédito, o (EP - 2016) “Enlighten” demonstrando todo o requinte sonoro e qualidade de seus músicos presentes nesse ‘Debut’.


O (EP) “Enlighten” é composto por cinco faixas e entre elas sendo um interlúdio e mais uma cover da canção “Full Moon Madness” da banda (Moonspell), dando uma atmosfera bem marcante ao EP.
Em falar de atmosfera, nossa audição já se conquista com a introdução “Advert” que abre o EP, que logo vem seguida pela fortíssima “Astral Infernal”, que pertence originalmente a sua 2ª Demo, lançado no ano de 2005, onde ganhou uma nova roupagem na interpretação, com ótimas doses de melodias criadas por seus arranjos, onde o ‘Alexandre Pontes’ trás uma estrutura sofisticada em sua vocabolização, que premiam a composição.

A terceira audição fica por conta de “Praxis”, tendo um clima mais voltado ao psicodélico e a escuridão, sendo que a maior parte da composição é regada de melodias que transitam entre o violão e o teclado, dando um clima bem marcante a composição, onde novamente o ‘Alexandre’ se destaca por suas facetas melódicas contribuídas pela sua voz marcante.
“Enlighten” é a quarta audição de seu projeto, e trás a tona toda agressividade e peso a esse registro, com destaque aos riffs cerrados e cortantes de suas guitarras que são acompanhadas pelas notas melódicas de seu teclado dando um clima bem atmosférico a canção.

A quinta audição e a última que fecha esse registro vêm pela ótima versão de “Full Moon Madness” (Cover da banda Moonspell), onde a banda As Dramatic Homage imprime toda a sua característica a essa composição a deixando ainda mais pesada e sombria, elevando a canção ao up bem marcante.

As Dramatic Homage traz um projeto atemporal e bem ousado onde seus músicos extrai o de melhor de seus conhecimentos. Diga -se de passagem, que pode constar como um dos melhores lançamentos do ano de 2016. PARABÉNS!

Line-up atual:

Alexandre Pontes – Vocal/Guitarras
Alexandre Carreiro - Guitarras
Leonardo Silva - Teclado
Vinícius Rodrigues – Bateria

Tracklist:

01 Advert
02 Astral Infernal
03 Praxis
04 Enlighten
05 Full Moon Madness (Monnspell)


Links oficias: