segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Resenha Archityrants - Black Water Revelation


Banda formada no ano de 1997, sendo conhecida pelo nome de "A tribute to the plague". Com três Demos lançadas entre o ano de 1998 e 2002 e um álbum intitulado Alone lançado em 2003 dentro do gênero Doom Metal, pertencente à cidade de Curitiba, no estado do Paraná. Mas depois de tantas mudanças, saída e entrada de integrantes, seu nome acabou sendo mudado para Archityrants e consequentemente um recomeço na história da banda. Um novo trabalho pela frente. Já com uma nova formação e com um novo nome, Archityrants lança então no ano de 2011 seu segundo álbum de estúdio ou primeiro, como queiram considerar, Black Water Revelations. Carregada com 08 incríveis faixas muito bem produzidas, cada uma com uma sonoridade impecável e ensurdecedora. É o tipo de banda que trás consigo miscigenações em suas canções. Em certos momentos tem-se a dificuldade de definir o gênero da banda pois são colocados em campo vários elementos musicais que vão desde o Heavy metal tradicional até o Doom metal, pelo menos uma dose do mesmo, com uma leve pitada de melancolia e serenidade nos acordes e principalmente no vocal chorado, e que belo vocal , que bela execução, que tristeza passada de forma técnica e musical.
 

Como era de se esperar, Curitiba sempre nos trás bons músicos que lutam dia após dia para poder divulgar seu trabalho. Nenhuma das músicas me decepcionou, todas de qualidade, com certeza a banda deixou uma boa impressão para os futuros ouvintes. Mas falando de Black Water Revelations, a música que eu destaco, pelo simples fato de começar com um choro de violão é Morbid Peace, já de cara a segunda faixa do álbum. Black Water Revelations é uma porrada!! Vale a pena investir um tempinho para curtir esta pedrada.
 
 
 Formação Atual:
+ Luxyahak: Vocals
+ Anubis: Guitar
+ Tersis Zonato: Lead Guitar
+ Daniel Franco: Bass
+ Danda Brito: Drums
 
 
Contato:
 
Mais Informações:
 
 
 
Autor da Resenha: Leonardo Reis